Ludy Siqueira, fotografa de família, membro do diretório Inspiration Photographers, consta em sua galeria lindas fotos premiadas em awards.

“Mineirinha abaianada, mãe da Ágata e do Zyah, optei por transformar meu hobby em profissão, abandonando as salas de aula em Física para fundar em 2012 a Senhoritas Fotografia, após iniciar meus estudos na Escola de Imagem (Belo Horizonte – MG). A empresa atua na cena da fotografia em Salvador e Bahia, sendo especializada na fotografia de família, em especial na fotografia de maternidade e nascimentos (partos). Após o nascimento da minha filha Ágata, em um lindo parto humanizado, envolvi-me cada vez mais no universo dos partos, onde procuro registrar e eternizar o dia mais importante da vida das famílias que me procuram, bem como informar e inspirar outras mulheres por meio dos meus registros de partos reais. Tive meu primeiro trabalho com fotografia de parto domiciliar destacado e reconhecido em diversos países, sendo compartilhado por dezenas de veículos de informação, como: Hypeness, Catraca Livre, Folha de São Paulo, R7, Glamour/Globo, entre outros.”

 

Como entrou na fotografia?
A fotografia veio como uma válvula de escape e um meio para canalizar toda minha insatisfação e a frustração com a geração Homo Lattes dentro do universo da Física. Foi a forma na qual criei coragem para abandonar as salas de aula e as instituições de ensino e ter a oportunidade de fazer a diferença na vida das pessoas e não ser apenas uma máquina de publicar artigos científicos.

 

Em sua opinião, quais são os componentes mais importantes para uma boa fotografia?
Uma boa fotografia vai muito além de toda a parte técnica, como uma boa luz, composição, cores e direção. Acredito que o meu estado de espírito, aguardar o momento certo do clique e conseguir captar a essência do fotografado são grandes aliados para um bom resultado.

 

Qual será o futuro da fotografia?
Não imagino qual será o futuro da fotografia. Por enquanto, estou curtindo e vivendo o agora.

 

Como você lida com as críticas?
Críticas são sempre bem vindas. Elas fazem a gente crescer. Sempre as escuto de coração aberto, mas se tiver algo que eu acredite e goste verdadeiramente, seguirei no meu caminho caso não tenham argumentos suficientes para provar-me o contrário. Acredito que não exista uma verdade absoluta na fotografia.

 

Gostaria de fotografar um trabalho junto com algum colega fotógrafo ou videomaker no mundo que admire? Se sim com quem gostaria?
Acredito que fotografar com qualquer outro profissional já é maravilhoso. Ter a oportunidade de trocar conhecimentos, observar sua postura e ter um dia agradável já é muito interessante. Sally Mann sem dúvida seria uma pessoa incrível para fazer um trabalho juntas. Gosto muito também da energia do Bigarelli e Robison Kunz, seria bem divertido.

 

Você faz algum outro tipo de fotografia além da sua profissão ou pensa em fazer?
Por enquanto, não.

 

Quem te inspira na sua vida e quem o inspira na sua carreira e porquê?
Minha avó, sem dúvidas, é uma das mulheres que mais me inspira em minha vida e na minha carreira. Uma mulher guerreira, que estava sempre de bem com a vida. Outra fonte de inspiração são meus filhos Ágata e Zyah. Acredito que eles me transformam em uma pessoa melhor a cada dia!

 

Qual equipamento você usa atualmente para trabalhar?
2 Canon 6D e lentes 24 mm, 50 mm e 85 mm.

 

Que recursos você prefere usar para aprender novas técnicas e se manter atualizado na profissão, por exemplo, palestras, workshops, cursos on line, livros?
Gosto muito de livros, mas toda forma de conhecimento é bem vinda. Gosto muito de conversar com outros fotógrafos e trocar experiências.

 

O que você procura transmitir com as suas fotos?
Gosto de transmitir a essência e as emoções das pessoas nas minhas fotos. Nossos filhos crescem muito rápido; dar a oportunidade às famílias voltarem no tempo e matar as saudades, revivendo os momentos de cada etapa da maternidade, de um tempo que não volta, é algo muito prazeroso.

 

Você tem algum Hobbie?
Assistir filmes e seriados, tocar violão, fazer projetos faça você mesmo (vulgo a louca do Pinterest).

 

Se pudesse escolher qualquer lugar no mundo para viver qual seria?
Ao lado da minha família, viveria em qualquer lugar do mundo.

 

Um sonho realizado?
Ser mãe.

 

Que fatores você acredita que contribuíram para você ter chegado até onde esta hoje?
Dedicação, estudo, persistência, paixão e trabalho duro.

 

O que motivou você a se tornar parte do Inspiration Photographers e como sua participação no diretório ajudou na projeção do seu trabalho?
Acredito que participar de um diretório como o Inspiration Photographers e ter imagens avaliadas e julgadas por fotógrafos mais experientes e que são referências nos faz crescer, aprender com os erros, nos tornarmos melhores artistas e buscar sempre transmitir o melhor para poder inspirar outros profissionais. Ter fotos premiadas me faz acreditar que estou no caminho certo no que acredito e busco na minha fotografia.

 

Se você pudesse enviar uma mensagem para você mesmo 5 anos atrás, qual seria essa mensagem?
Não tenha medo, mas se tiver medo, vai com medo mesmo!

 

Deixe seu recado para o mundo aqui sobre o que quiser.
“Nada é tão nosso quanto nossos sonhos”, corram atrás dos seus!

 

Confira alguns trabalhos de Ludy Siqueira

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *